Perfil: Roberto Carlos (Roberto Carlos Braga)

 

19 de abril de 1941, Cachoeiro de Itapemirim, ES

Roberto Carlos Braga nasceu em Cachoeiro de Itapemirim, interior do Espírito Santo, em 19 de abril de 1941. Quarto filho do relojoeiro Robertino Braga e da costureira Laura Moreira Braga, “Zunga”, como era chamado pelos amigos, era uma criança normal, que brincava pelas ladeiras do bairro Recanto, onde a família Braga morava. Aos seis anos, sofreu um acidente e teve uma perna amputada, passando a usar uma prótese.

A música sempre esteve presente na vida de Roberto Carlos. Fã de Bob Nelson, – artista que se apresentava cantando músicas country vestido de cowboy – ainda criança Roberto alternava os estudos no Colégio de Freiras Cristo Rei com as aulas de violão e piano no Conservatório Musical de Cachoeiro. Em casa, passava horas ouvindo rádio. Aos nove anos se apresentou pela primeira vez, na ZYL9 – Rádio Cachoeiro de Itapemirim, quando, levado por Dona Laura, cantou o bolero “Amor y más amor”, no programa matinal infantil de Jair Teixeira, apresentando naquele dia por Marques da Silva.

Os pais queriam que ele fosse médico, mas a paixão do pequeno Zunga pela música era mais forte, e Seu Robertino e Dona Laura nunca deixaram de apoiá-lo em seu sonho, impulsionados principalmente pelos elogios que o menino recebia por conta de sua afinação. Roberto passou um bom tempo se apresentando no auditório da Rádio todos os domingos.

Em 1955, Roberto Carlos, já adolescente, veio para o Rio de Janeiro em busca do sonho de se apresentar no rádio, que naquele tempo abria espaço para novos talentos. Conseguiu: aos 15 anos, cantou em diversas rádios sucessos da época, além de canções do repertório de Tito Madi e Dolores Duran. Morou em Niterói, na casa da “Tia” Dindinha. Um ano depois, a família Braga deixou Cachoeiro e mudou-se para o Rio de Janeiro, no bairro do Lins de Vasconcelos.

Nesta mesma época, no fim dos anos 1950, surgia o rock e, com ele, Bill Haley, Little Richard, Chuck Berry e Elvis Presley. No Brasil, os irmãos Tony e Celly Campello explodem com “Estúpido Cupido” e “Banho de lua”. Roberto, que estudava na Escola Ultra, na Praça da Bandeira, utilizava a sala de música durante os intervalos de aula para tocar com outros amigos. Em um desses encontros, foi visto por Otávio III, assistente de Chiara de Garcia, produtor do programa “Teletour”, da TV Tupi do Rio de Janeiro, que o levou para se apresentar na TV, pela primeira vez, cantando o rock “Tutti Frutti”.

Através do colega de escola Arlênio Lívio, Roberto Calos conheceu, em 1957, Edson Trindade, Sebastião Rodrigues “Tim” Maia, Jorge Ben e Erasmo Carlos, entre outros que se reuniam na Rua do Matoso, no bairro da Tijuca. Roberto, que cantava em clubes, festas e na TV, passou a ser integrante do “The Snakes”, grupo vocal formado por Arlênio, Erasmo, Edson e José Roberto “China”. Em uma dessas aparições na TV, foi apresentado por Carlos Imperial no “Clube do Rock”, da TV Tupi, como o “Elvis Presley” brasileiro. Cantando “Tutti Frutti” e “Teddy Bear”, Roberto chega até outros programas, como a “Buzina do Chacrinha”.

E veio o primeiro disco…

Através de uma carta de apresentação assinada por Carlos Imperial e Chacrinha, em 1959 Roberto Carlos grava pela PolyDor seu primeiro disco, um compacto 78 rpm, com as músicas “João e Maria” e “Fora do tom”, compostas por Carlos Imperial. Em 1960, na Columbia, grava outro compacto com músicas de Imperial: “Brotinho sem juízo” e “Canção do amor nenhum”.

Em 1961 lança seu primeiro LP, chamado “Louco por você”, que, assim como os compactos anteriores, era cheio de referências da Bossa Nova, mas não fez sucesso algum. “Louco por você” é, até hoje, um disco cercado de histórias e mistérios, como uma suposta rejeição do próprio Roberto Carlos.

A carreira de Roberto começa a ganhar projeção em 1963, com “Parei na contramão”, primeira composição de Roberto e Erasmo Carlos, e com “Splish Splash”. Em 1964 lança o LP “É proibido fumar” que, além da faixa-título, trazia o hit “O calhambeque”, versão de Erasmo Carlos para “Road Hog”. No início de 1965, chega as lojas “Roberto Carlos canta para a Juventude”.

Jovem Guarda: de programa de auditório a movimento cultural

Em agosto de 1965, Roberto Carlos se transforma em mania nacional, junto com Erasmo Carlos e Wanderléa, através do programa de TV “Jovem Guarda”, exibido aos domingos na TV Record de São Paulo. Toda semana, o trio cantava suas músicas e recebia convidados, como Eduardo Araújo, Leno e Lílian, Sérgio Reis e Os Vips, em um auditório sempre lotado. A identificação do público foi imediata: em tempos de repressão, um jovem cabeludo mandando “tudo para o inferno” era o máximo!

A Jovem Guarda era uma forma de celebrar a música, a alegria e o amor, e não uma ferramenta de protesto contra o regime militar. Nesta esteira, dos que consideravam a Jovem Guarda um movimento de alienados, surgiu a Tropicália, com Caetano Veloso, Gilberto Gil, Os Mutantes, Gal Costa, Torquato Neto e Tom Zé, entre outros. A Tropicália era basicamente formada por jovens universitários, engajados em manifestar seu repúdio ao golpe militar, bem diferente da turma do Roberto, que só queria diversão.

Mas Roberto Carlos já estava consagrado. Ídolo da juventude, astro do programa de TV, do cinema, com o filme “Roberto Carlos em Ritmo de Aventura, estava presente na moda, com as calças Camelo, em brinquedos, em gírias como “Bicho” e “É uma brasa, mora?”, além de ter a seu favor uma geração e uma lista de sucessos: “Eu sou terrível”, “Namoradinha de um amigo meu”, “Eu te darei o céu”, “Querem acabar comigo”, “Como é grande o meu amor por você”, “Quando”, entre outras canções.

Em 1968, após vencer o Festival de San Remo com a música “Canzone Per Te”, a carreira de Roberto Carlos começa a ganhar novos rumos. Sua presença no Programa “Jovem Guarda” passa a ser menos freqüente, até que o movimento e o programa chegam ao fim. No mesmo ano, em maio, casa-se com Cleonice Rossi, com quem teve dois filhos: Roberto Carlos Segundo (o “Segundinho”, ou Dudu Braga) e Luciana.

Em dezembro do mesmo ano, lança o LP “O Inimitável Roberto Carlos”, onde deixa de lado as letras juvenis e abraça o romantismo com mais intensidade, em músicas compostas sempre com Erasmo Carlos, além da interpretação de canções de outros compositores, como Antônio Marcos. No ano seguinte, também flerta com a black music, gravando “Não vou ficar”, do amigo Tim Maia, e cantando “As curvas da estrada de Santos”, dele e de Erasmo Carlos.

Anos 70: novos temas, novos recordes

Em setembro de 1970, dirigido por Miéle e Ronaldo Bôscoli, Roberto Carlos estreou sua primeira grande temporada no Canecão, tradicional casa de shows do Rio de Janeiro. Naquele palco, fez apresentações memoráveis, que ano após ano ficavam em cartaz durante meses.

No disco daquele ano, Roberto Carlos lança a sua primeira canção dedicada a religiosidade: a música era “Jesus Cristo”, e o tema volta e meia estava presente nas canções feitas a quatro mãos por ele e Erasmo Carlos: “A montanha” (1972), “O homem” (1973) e “Fé” (1978).

No ano seguinte, RC vai até Londres visitar o amigo Caetano Veloso, exilado do país por causa do golpe militar. Em sua homenagem compõe “Debaixo dos caracóis dos seus cabelos”, gravada no clássico disco de 1971, que também trazia “Detalhes”, “Todos estão surdos”, “Se eu partir” e “Amada amante”, além de uma letra do próprio Caetano: “Como dois e dois”.

Em 1974 apresenta um especial de fim-de-ano na Rede Globo que, junto com seus discos, se torna uma tradição do natal no Brasil. Em 1977, presta uma homenagem a Erasmo em “Amigo”, uma celebração à amizade que completava vinte anos. A ecologia, que naquele tempo não era um assunto em pauta, esteve presente em “O Progresso” (1976) e “O ano passado” (1979). Mas o amor, foco principal de Roberto Carlos, estava presente mais do que nunca, em “A distância” (1972), “Proposta” (1973), “Além do Horizonte” (1975), “Os seus botões” (1976), “Café da manhã” (1978), “Na paz do seu sorriso” (1979), entre outras dezenas de músicas que proporcionaram mais um recorde: Roberto foi o primeiro artista brasileiro a vender um milhão de cópias.


Roberto Carlos e Tom Jobim, em 1978

Seu casamento com Cleonice Rossi chegou ao fim em 1979, e no mesmo ano Roberto Carlos casou-se com a atriz Míriam Rios.

Anos 80: reconhecimento internacional

Na esteira do sucesso dos anos 70, todos os álbuns de Roberto Carlos já saíam de fábrica com vendagem mínima de um milhão de cópias. Em 1981, após gravar várias versões de suas músicas em espanhol, italiano e francês, lança dois LP’s: o tradicional, que trazia “Emoções” e “As baleias”, um outro, cantando em inglês. No ano seguinte, a CBS (hoje Sony Music), premiou Roberto Carlos com o Globo de Cristal, prêmio concedido aos artistas que venderam mais de 5 milhões de discos fora de seu país de origem.

Nesta década, teve início um costume que permanece até hoje: Roberto Carlos adota o azul e branco em todas as capas de seus discos, com pequenas variações de tom.

Mais um recorde: em 84, “Caminhoneiro” foi executada, em todas as rádios do país, por mais de 3000 vezes. Em 1985, homenageia a esposa Míriam Rios com a canção “A atriz”. Em 1988, surpreende ao lançar, no meio do ano, um LP ao vivo, o primeiro de sua carreira., além de ganhar o Grammy de melhor cantor latino-americano. Em 1989 chega ao topo da parada latino americana da revista Billboard.

Ao longo da década, mais e mais sucessos: “A guerra dos meninos”, “Amante à moda antiga” (1980); “Ele está pra chegar”, “Cama e mesa” (1981); “Amiga “ (interpretada em dueto com Maria Bethânia) , “Fera Ferida” (1982); “O côncavo e o convexo” (1983); “Eu e ela”, “Coração” (1984); “Verde e amarelo”, “De coração pra coração” (1985); “Amor perfeito” e “Do fundo do meu coração” (1986); “Se diverte e já não pensa em mim” (1988); “Amazônia” (1989).

Em janeiro de 1990, em entrevista ao Segundo Caderno do jornal “O Globo”, Roberto Carlos e Míriam Rios anunciam o fim do casamento de dez anos.
Em maio do mesmo ano, Cleonice Rossi, primeira esposa de Roberto Carlos e mãe de Segundinho e Luciana, morre de câncer, aos 49 anos.

Anos 90: homenagens, reencontros e perdas

No início da década, Roberto Carlos reencontra a Professora Maria Rita Simões. Os dois se conheceram em 1977 e Roberto, na época, se apaixonou pela jovem, na época com 16 anos. Mas, segundo a família, Mara Rita era muito nova para se envolver com Roberto Carlos, que vivia um casamento em crise. Roberto Carlos e Maria Rita se casaram em 1994.

Em 1993, Maria Bethânia lança um álbum dedicado a obra de Roberto e Erasmo: “As canções que você fez pra mim”. No ano seguinte, astros do Rock nacional se reúnem em uma grande homenagem a Roberto Carlos, em “Rei”, CD produzido por Roberto Frejat com participações de Cássia Eller, Marina Lima, Lulu Santos, Chico Science & Nação Zumbi e Barão Vermelho, entre outros.

Ainda em 94, Roberto recebe do Unicef um troféu em reconhecimento pela sua importante contribuição ao projeto “Criança Esperança”.

Nesta década, Roberto Carlos retorna com toda força ao tema religiosidade: “Luz divina” (1991), “Nossa senhora” (1993), “Quando eu quero falar com Deus” (1995”), “O terço” (1996), “Coração de Jesus” (1997), “Jesus salvador” (1998) e “Todas as nossas senhoras” (1999).

Além de reafirmar a sua fé em música, durante a década de 90 Roberto Carlos falou também do universo feminino, com as mulheres baixinhas (“Mulher pequena”, 1992), as gordinhas (“Coisa bonita”, 1993), as de óculos (“O charme dos seus óculos”, 1995) e as maduras (“Mulher de 40”, de 1996). Também relembrou o caminhoneiro, personagem já contado em história em 1984 (“O velho caminhoneiro”, 1993) e narrou o dia-a-dia de um motorista de táxi em “O taxista”, de 1994.

Vivendo “a década mais feliz de sua vida”, segundo afirmação dele mesmo, RC regravou sucessos como “Se você pensa”, em 1993, e “Como é grande o meu amor por você”, em 1996. No ano seguinte, lançou o CD “Canciones que ano”, com destaque para “Abrazame Asi”, (tema da novela “Por amor”, de Manoel Carlos), “Adios” e a releitura de “Esta tarde vi llover”, gravada no disco de 1979.

Em 05 de outubro de 1997, Roberto Carlos cantou para o Papa João Paulo II em sua visita ao Brasil.

Em setembro de 1998, Maria Rita descobriu que estava com um tipo raro de câncer, e iniciou uma dura batalha contra a doença, vindo a falecer em 22 de dezembro de 1999. Pela primeira vez a tradição foi quebrada: naquele ano, RC não lançou o tradicional disco, nem preparou o especial de TV. O público, fiel, acompanhou de perto o sofrimento do “Rei”. Para preencher o vazio, a Sony Music lançou a coletânea “30 maiores sucessos”, com apenas uma música inédita, “Todas as nossas senhoras”.

Anos 2000: o melhor de Roberto, para sempre

No final de 2000, com cabelos brancos, magro e abatido, Roberto Carlos quebra o silêncio de meses, apresentando um de seus mais belos discos: “Amor sem limite”, uma reunião de canções em homenagem à Maria Rita, que passou a ser a grande homenageada de todos os seus shows e CDs.

Naquele ano, faz o tradicional especial de TV mais emocionante de todos os tempos, levando as lágrimas tanto a plateia quanto o telespectador.

Em maio de 2001, Roberto Carlos grava o especial Acústico MTV, com releituras de sucessos de todos os tempos, e participações especiais de Samuel Rosa, do Skank, Milton Guedes e Toni Bellotto, do Titãs.  O especial não pôde ser exibido na MTV, pois Roberto Carlos é contratado da Rede Globo, que não liberou o uso de sua imagem em outro canal.

Em 2002, lança um CD ao vivo, tendo apenas uma faixa inédita gravada em estúdio, o rap “Seres humanos”, em que descreve a mudança de suas percepções sobre a fé e a vida. Volta a cantar músicas fora do setlist há décadas, como “Amor perfeito” (1986) e “Força estranha” (1977). No ano seguinte, lança o CD “Pra sempre”, com músicas inéditas, como a faixa-título e “Acróstico”. Em 2004, grava mais um CD ao vivo, que sai também em DVD, registro do show realizado no estádio do Pacaembu, em São Paulo. Neste ano, inicia um tratamento contra o TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo), e deixa de lado uma série de costumes. Volta a cantar músicas como “Ilegal, inoral ou engorda” e até repensa a hipótese de um dia cantar “Quero que vá tudo pro inferno”.

Junto com o DVD, é lançada a caixa “Anos 60” da coleção Pra Sempre, organizada pelo pesquisador Marcelo Fróes. A coleção, de quatro caixas dividida em décadas, reúne todos os discos de Roberto Carlos lançados pelos selos CBS, Columbia, Sony e Amigo Records, com exceção de “Louco por você”, de 1961.

Ao longo de 2005, as outras caixas (anos 70, 80 e 90) foram lançadas. No fim do ano, Roberto lança novo disco, com destaque para as canções “Arrasta uma cadeira”, composta para a dupla Chitãozinho e Xororó (que levou 14 anos para ficar pronta), além de “Índia”, guarânia que foi tema da novela “Alma Gêmea”, e “A volta”, sucesso com Os Vips nos anos 60, tema da novela “América”.

Também em 2005, no início do ano, Roberto Carlos inova, ao se apresentar para os tripulantes a bordo de um transatlântico, e repetiu a dose no primeiro semestre de 2006, com o show “Emoções em alto mar”. Em dezembro de 2006 lança o CD e DVD “Duetos”, reunindo encontros de Roberto com Tom Jobim, Erasmo Carlos, Maria Bethânia, Wanderléa, Milton Nascimento, Rosana, Ivete Sangalo e Jota Quest, entre outros, nos especiais apresentados pela Rede Globo entre 1977 e 2005.

A vida de Roberto Carlos, em detalhes

Em 03 de dezembro de 2006 chega às livrarias a biografia não-autorizada “Roberto Carlos em detalhes”, escrita pelo jornalista e escritor Paulo César de Araújo. A publicação, de 492 páginas, reunia uma fantástica pesquisa sobre o Rei, realizada pelo autor durante 15 anos, abordando fatos desde antes do seu nascimento até os dias atuais, com depoimentos de artistas e pessoas que conviveram com Roberto Carlos ao longo de sua vida.

O lançamento do livro provocou a ira de Roberto Carlos, resultando em uma batalha judicial que durou até maio de 2007. O julgamento do processo determinou que todos os exemplares que estivessem à venda e no estoque da Editora Planeta (cerca de 11.000) fossem recolhidos e entregues ao Rei.

O fato do livro ser, de certa forma, censurado, foi amplamente discutido pela mídia, e fez com que o valor do exemplar físico disparasse de preço nas mãos de quem o tinha, através da comercialização em sites de venda de produtos. Além disso, uma versão em formato de arquivo digital circula livremente pela Internet, para download.

Sob a acusação de promover censura com a sua própria história ao exigir o recolhimento do livro, Roberto Carlos, em entrevista, declarou que o livro o feria muito, e que a partir do momento que se sentia exposto e com sua privacidade invadida, poderia fazê-lo. E o resto é história.

Durante 2008, Roberto Carlos apresentou-se com Caetano Veloso, homenageando os 50 anos de Bossa Nova, interpretando juntos canções de Tom Jobim, em apresentações memoráveis no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, e no Auditório Ibirapuera, em São Paulo. Em abril de 2009, RC inicia as comemorações de outro cinquentário: desta vez, a celebração é dele, que festeja os seus 50 anos de carreira com uma megaturnê, que começou em Cachoeiro do Itapemirim (ES), e durou um ano.

Em Jerusalém e na TV: Ele é o Cara

Em setembro de 2011, Roberto Carlos realizou outro feito inédito em sua trajetória: um grandioso show em Jerusalém. Apresentado pela jornalista Glória Maria, emocionadíssima na abertura do espetáculo, Roberto apresentou seus grandes sucessos, além de interpretar canções de fora de seu repertório, como Unforgettable, clássico na voz de Nat King Cole, e Caruso, de Lucio Dalla. O show foi gravado, lançado em CD duplo, DVD e Blu-ray, e exibido no lugar do seu tradicional especial de fim de ano.

No ano seguinte, 2012, Roberto Carlos volta as paradas de sucesso com Esse cara sou eu. A canção, que junto com o funk Furdúncio, foi inserida na trilha da novela Salve Jorge, de Glória Perez, e lançada em um compacto com quatro faixas, incluindo outros dois temas de novelas: A volta, tema de América – também escrita por Glória Perez, em 2005 – e A mulher que eu amo, tema da novela Viver a vida, de 2009. O EP vendeu mais de 2 milhões de cópias, um número que Roberto Carlos não alcançava desde os anos 80. Clique aqui e saiba mais sobre o compacto.

106 thoughts on “Perfil: Roberto Carlos (Roberto Carlos Braga)

  1. GOSTARIA DE SABER SE POR GENTILEZA PODERIAM ME INFORMAR A DATA DE NASCIMENTO DE DONA LAURA MOREIRA BRAGA
    A "LADY LAURA", POIS SOU FA DO REI E NAO SEI ESTE DETALHE QUE NAO CONSTA EM
    NENHUMA BIOGRAFIA NAO AUTORIZADO OU QUALQUER OUTRA PUBLICAÇAO.

    UM ABRAÇO,
    EDSON ALVES
    PORTO VELHO RO

  2. queria saber sobre os principais ritmaos e estilos dos anos 2000 pois é o que menos encontramos até hoje.
    Influencias culturais e sociais também, musicas que marcaram a decada de 2000 e outras…
    alguns dos cantores que marcaram época e assim por diante.
    OBS: a década de 2000 esta passando por disperssebida em todo mundo…..

  3. Minhas amigas me falam q pareço mt com a Maria Rita (grande amada do Roberto e de todos nós)tanto fisicamente como na dedicação religiosa. Avisem ao Rei q estou viúva e sinto imenso amor por ele.É claro q ninguem substitui ninguem, mas alivia ambas as dores. Com todo o respeito e admiração. Super fã do Rei.

  4. eu sempre fui fã de Roberto Carlos, tudo que ele canta torna-se bonito, ele será sempre rei. Já assisti vários shows dele, e enquanto viver, creio que vou gostar de ouvir Roberto Carlos ele é o máximo.

  5. Assim como a maioria dos brasileiros, nasci ouvindo e tendo alguma música de Roberto carlos que se encaixe em várias situações da minha vida. Ouvi-lo me faz ter saudades de uma época que não vivi, mais gostaria de ter vivido a jovem guarda. é sempre bom ter histórias do rei.

  6. UN SALUDO MUY ESPECIAL PARA MI ÍDOLO, EL MEJOR CANTANTE Y COMPOSITOR DEL MUNDO. QUIERO SABER SI PIENSA VOLVER A LA ARGENTINA ALGUNA VEZ.
    TODO MI CARIÑO DE SU FAN ARGENTINA NÚNERO UNO. TENGO 47 AÑOS,SOY MAESTRA Y DESDE HACE 35 AÑOS LO SIGO INCANSABLEMENTE. QUISIERA VERLO EN SU CAMARÍN CUANDO VENGA AQUÍ. BESOS Y RESPONDANME, POR FAVOR. MARÍA MARTA

  7. ROBERTO PORQUE VOCE DEXOU DE CANTAR AQUELAS LINDAS MUSICAS DA IGREJA TAO LINDAS QUE VOCE CANTAVA MUITO LINDAS MEU REI EU QUERO UMA COLEÇAO SO DE SUAS MUSICA DAS MAIS ANTIGAS AQUELAS BEM ESCOLHIDAS /196O A 1970 ROBERTO UM GRANDE ABRAÇO EU SOU FRANCISCA DE BRASILIA

  8. Roberto mi desculpe este comentario mandei para voce com todo respeito eu gosto muito de voce mais tambem quem e esta pessoa que nao gosta de voce qando eu digo musica da igreja e algumas que voce fez mais nao e so da igreja mais outras que diz assim eu quero ter um milhao de amigo e bem mais foste poder cantar como sao linda porisso eu quero procurar aonde compro toda essas musicas um abraço

  9. Roberto mi desculpe este comentario mandei para voce com todo respeito eu gosto muito de voce mais tambem quem e esta pessoa que nao gosta de voce qando eu digo musica da igreja e algumas que voce fez mais nao e so da igreja mais outras que diz assim eu quero ter um milhao de amigo e bem mais foste poder cantar como sao linda porisso eu quero procurar aonde compro toda essas musicas um abraço

  10. Roberto Carlos, sou cantor e compositor anônimo, e seu fâ, canto suas canções quase todos os dias,Como tenho composições que lembram um pouco seu estilo,devido ter um pouco de sua influência, quero saber se você gravaria uma delas? Antecipo um grande abraço desejando-lhe saúde e anos de vida pela frente. (Nativo do Brasil).

  11. Roberto, há 32 anos você faz parte do meu mundo musical pois suaa cançôes são inesqueciveis e muitas delas retrata muito minha vida, até parece que você faz parte do meu convivio. agradeço a Deus por você existir. valeu Rei

  12. Roberto eres el mejor cantate ro mantico del mundo, yo me enamere de mi esposo con tus canciones,te quiero y admiro mucho!!!!!!!!!!!!!!
    Deseo para ti lo mejor.
    Que Dios te bendiga

  13. sou fã desde os 10 anos de idade,antes de eu morrer queria conhecer pessoalmente mas eu acho que é impossível, mas o sonho nunca deixa de ser um sonho, quem sabe um dia a esperança é a ultima que morre.

  14. estou trabalhando e guardando minhas economias para correr atras de um sonho impossível conhecer o roberto carlos pessoalmente, não sou louco sou apenas mais um fã do astro popular brasileiro.

  15. Amo de Paixão Roberto Carlos.Com meus quinze anos fui presenteada com vinil dele,cresci , curtindo nos bailinhos nas tardes de domingo com musicas dele, casei-me meu esposo continuou me presenteando,os vinis a cada ano, com sacrificio e muito ele me dava em tds as datas comemorativas nossas os discos de nosso Rei.Depois veio os filhos esses presentes passou a serem dados por eles faziamos questão.Hoje meu esposo ja não pode mais me dar os cds do Rei ,mais curtimos juntos ,choramos, lembramos juntos os momentos mais felizes de nossas vidas desde os quinze anos que Roberto nos proporcionou. obrigado meu grande Amigo de Fé meu irmão camarada,que Deus te abençoe muito. Que jesus te ilumine, meu maior sonho é dia poder ir no show dele,Jesus te Abençoe e abraços..

  16. Assistir um show de Roberto Carlos em minha cidade no ano de 1991, fiquei muito emocionada com o show mas não esqueço do olhar que ele passou em mim, fico pensando. Será se eu tivesse tido chance de conhece-lo eu teria tido alguma chance com ele, ja que ele me olhou o tempo todo, depois escolheu a mim para dar uma flor? Na epoca eu tinha 19 anos, arrependo de não ter corrido atras

  17. Gostaria muito de saber o e-mail de Roberto Carlos Braga, para eu enviar uma mensagem linda feita com sua música.
    Aguardo resposta.

    Angélica

  18. Roberto admiro você demais, não só pela pessoa que é, pelo cantor que é, mas pela religiosidade que você tem, a fé em Deus que você tem. Que Deus ti abencoe sempre ajudando a superar todas as suas dificuldades, porque é assim que com muita fé que superamos as coisas da vida. Um grande beijo

  19. Roberto Carlos, sou seu fã e, tenho recordações maravilhosas da minha infância quando cantava para a minha A Janela, O Divâ e A dinstancia. Só gostaria de ter a sua Biografia autorizada, de tanto sucesso, como é de sucesso, toda a sua vida. DEUS TE PROTEJA sempre.

  20. Meu nome e Katia Vanessa Domingos, tenho 34 anos sou fã de roberto Carlos deis dos meus10 anos de idade meusonho e um dia ver Roberto Carlos pessoalmente.
    Admiro muito o amor de roberto Carlos e Maria rita eu ja sonhei com os dois juntos espero um dia ser amada dessa maneira

    com amor Katia 30/05/2008

  21. Amo muito o ROBERTO CARLOS.Adoro as musicas dele,sou fa incondicional.Deus foi muito generoso com ele,,nao ha outro igual.PARABENS K DEUS LHE DE MUITOS E LONGOS ANOS DE VIDA.

  22. você poderia enviar-me o contato do Roberto Carlos e/ou seu empresário e/ou sua gravadora? Tenho interesse em convidá-lo para um evento… grata

  23. Tenho dois ídolos. Um é Roberto Carlos e o outro é Elvis Presley. Nada se compara a esses dois.
    Gostaria de saber se é verdade que Roberto disse uma vez que, tinha vontade de conhecer Elvis Presley

  24. Oi Roberto Carlos
    Gostaria que soubesse que a minha monografia tem o tema:"A Visão do Homem, da mulher, nas canções do R.C.". Estou adorando pesquisar a sua vida e descobrindo coisas que antes eu só havia escutado na minha infância. Lady Laura, Mulher Pequena e Mulher de 40 são as canções que eu escolhi para trabalhar o seu eu em mim. Um forte abraço e tudo de bom, porque você merece! Daniella Cabo

  25. oi Roberto Carlos
    eu com 11 anos ja sou a sua fa numero 1
    sem conparasoes com as outras, mas só queria lhe disser eu te amo
    beijos de sua fa!!!!!

  26. Deus te abençoe Roberto,você é uma pessoa tão disputada nos shows aqui em Belo Horizonte…pelo amor de Deus dê o ar da graça de sua presença entre nós.Te amamos muito.Bjs de sua fã desde a jovem guarda…Lú

  27. Roberto,bom dia,hoje já sou vovó.Minha geração está toda ligada em você.Suas músicas sáo cantas por mim,meus filhos e até os netos.Eles sempre falam:- eh vovó agente aprendeu a gostar dessas músicas por sua causa né?Você gosta muito do Roberto Carlos e agente tambem…

  28. Oi nos somos 2 crianças que queremos mandar para voce com muito carinho uma bela música mas só que precisamos do seu E-mail por favor me passe.

    Um grande abraço de laísa e Amanda

  29. gostaria de ter uma relação de musicas composta por roberto carlos e ou e gravadas por outros contores e cantouras… sem mais agradeço

  30. Roberto falar que te amo é brincadeira pois esse sentimento é só teu
    roberto gostari muito que você me ajudasse a pagar um calhambeque que eu comprei a dois anos atrás, mais eu estou passando por uma dificuldade muito grande me ajude,sou funcionária pública, moro em Manaus-Amazonas, muito gente me disse jamais ~ele vai ler este recado, mais eu resolvi arriscar. se você não puder eu vou continuar te amando e vou ser obrigada a entregar meu calhambeque. beijoooooooooooo

  31. parece que é verdade o roberto carlos não lê esses recados muito menos os assessores, pois estou aguardando ansiosa a resposta do pedido da ajuda do meu calhambeque que estou atrasada com o pagamento das prestações, todas as minhas amigas fazem maior gozação de mim perguntando todos os dias se eu ja tive resposta, e eu engano dizendo que eu ainda não abri o meu email. por favor me ajude não quero perder esse calhambeque, e para completar ele estava parado e outro carro bateu na traseira dele que amassou toda me ajude beijo de tua fã desesperada.

  32. Eu tenho tanto pra te falar mais com palavras não sei dizer como e grande o meu amor por você.
    Um dia espero encontrar um grande amor que ame como o nosso Rei Roberto Carlos.
    Helo

  33. Desde que eu nasci oiçou vocé 1976. Meus Pais Portuguéses e eu nascido em Franca . Hoje canto em todos os meus fims de semanas suas Cancoes em festas e restaurantes ! Me desculpe se vocé quizer . . . . Mas para mim Vocé é mais que o Rei . Um Fa desde de a muito tempo .

  34. Roberto Carlos, uma criatura abençoada por Deus,que veio a este mundo para espalhar o AMOR . E cumpre sua missão muito bem.
    Apesar de toda a riqueza material adquerida, não se perdeu.
    Adoro o Roberto de montão!!

  35. Gostaria de saber, quando Roberto lançará CDs com músicas inéditas,pois ha anos que ele não nos presenteia com sua belissimas canções. A saudade bate forte, e a ansiedade no final de ano ainda é pior,pois tudo fica sem graça por falta de lançamentos novos do meu Rei.

  36. Roberto carlos…sei que vc não deve ler todos estes comentários ,mas se poder ler esse seria uma enorme gratidão !
    Eu tenho 12 anos e tenho um priminho de 3 anos !Não estou te mandando isso por causa de mim ,mas sim ,por causa dele ! Ele se chama Pedro e é louco por vc .Quando vou nacasa dele o seu único assunto é vc ! ele te ama de paixão e é louco pra te conhecer !
    Ele fala pra mim que um dia vc vai vir na casa dele e ira levá-lo para conhecer a sua casa !
    Por favor me responda isso pelo meu e-mail !
    danny_atan@hotmail.com
    obrigada !

    atenciosamente: Danielle

  37. Olá Roberto. Assisti pela televisão seu show de final de ano de 2008.Como de costume, ultimamente, fiquei na expectativa de ouvir alguma canção nova, mas ao meu ver, você como compositor teria muito mais a nos oferecer em termos de músicas.Acho que inspiração não falta!Acredito que há um leque de compositores cujas canções podem atender o seu bomn gosto.Estamos aguardando há tempo novas canções que também deve ser seu foco principal.Músicas repetidas demais.Deixa isso pra quem não compõem, ou que acha que está no final de tudo e quer ensacolar um velho violão.Espero que no Natal de 2009, venha um repertório inédito. Obrigado.

  38. Até sugiro Roberto, que entre em contato com Caetano Veloso, Paulo Sergio Vale, e o próprio Erasmo Carlos, que é um compositor de mão cheia; e porque não dizer um irmão camarada? Só não quero que me venha no próximo show de 2009, com somente canções antigas!Bem que as pessoas comentavam Roberto, que no dia em que Erasmo Rompesse com você, ficaria faltando um pedaço. Está na hora dos amigos voltarem a compor juntos. É o que eu espero.Aguardo

  39. roberto carlos eu gosto muito de voce na perda de maria rita rezei muito por voce pois os comentario era que voce ia para de cantar pedia muito a deus e a maria rita que isso nao acontecesse graças a deus que eles mim ouvriram um abraço de sua grande fã.

  40. minha mae e fa do roberto e a tempo quer ouvir uma musica que nao se lembra o nome so sabe que foi tema de uma novela onde o kadu moliterno trabalhava,ele era pai de um menino e cantava a musica toda cena em que os dois passava,se vc puder me ajuda agradeço,vai ai uma palinha:qdo vc precisar de alguma coisa de mim e so me telefonar que irei correndo,conto com sua ajuda .

  41. Cristiane,
    a música se chama "Super-Herói". Está no disco de Roberto Carlos de 1990, e foi tema da novela "O dono do mundo", em 1991.
    Era tema dos personagens de Kadu Moliterno e Jonathan Nogueira, pai e filho na história.

  42. Sou filha do sargento Raul da Fábrica da Estrela em Raiz da Serra onde voce com a caravana de Luiz de Carvalho da Radio Globo do Rio ia Fazer show, nos fins de semana, e meu pai era diretor do Gremio Esportivo da Raiz da Serra e tínhamos o prazer de recebe-lo em nossa casa, Rosimeri Cleide Alves Moura Junior,

  43. A senhora e ilustríssima Laura Moreira Braga, LADY LAURA, nascera bonita, sadia e sorridente, com muito pouco choro num dia de sábado aos 5 de abril de 1913, um ano não bissexto, numa pequena cidade do interior de Minas Gerais e quase fronteiriça com Espírito Santo. Coincidentemente a senhora Laura Moreira Braga tem o mesmo calendário de seu filho o cantor e nosso rei Roberto Carlos que nascera em (1941) e tem ainda o mesmo calendário de seu 1º neto Dudu (RC-II)(1969). Eis os calendários vividos pela ilustre senhora Laura Moreira Braga: (1913= do seu nascimento), 1919, 1930, (1941=RC), 1947, 1958, (1969= Dudu), 1975, 1986, 1997 e 2003. Se viva estiver e com certeza estará, reviverá o seu mais novo calendário em 2014 aos 101 anos, idade que tem hoje a senhora Dona Canô a ilustre baiana, mãe do cantor Caetano Veloso e de Maria Bethania. A genitora Laura Moreira Braga,casada com o senhor Robertino Braga, teve desse a seguinte prole: O seu 1º filho, o Lauro Roberto, em 1932, aos 19 anos; teve o seu 2º filho, o Carlos Alberto em 1933 aos 20 anos; teve sua filha Norma, o 4º, em 1935 aos 22 anos e fez uma pausa para cumprir-se a PROFECIA BÍBLICA, e somente concebeu a Roberto Carlos em 1941 aos 28 anos, com muito moído na pequena Cachoeiro, similar ao de José para com Maria na gravidez de Jesus. Daí a predestinação de Roberto Carlos em ser eternamente o nosso Rei.Eis que fora gerado por obra e graça do Divino Estado de Espírito Santo.

  44. Sou fã de Roberto Carlos desde a minha infância. Tenho dois filhos, o mais velho chama-se : Roberto Carlos.
    Acharia muito justo Recife homenagiá-lo mudando o nome da avenida Boa Viagem para Avenida Roberto Carlos Braga,já que Roberto sempre teve um cariho muito grande para conosco de Recife. Grato por tudo Roberto.

  45. Não gostei de Roberto Carlos ter permitido que outros cantores gravassem DETALHES. Esta será a música com a qual ele será lembrado eternamente.

    Este é o hino da música romântica brasileira.

  46. DIFÍCIL DIZER QUAL A MÚSICA DO REI QUE MAIS GOSTO, EXISTEM ALGUMAS QUE ME MARCARAM MUITO. EX: DETALHES, OUTRA VEZ, ROTINA E MUITAS E MUITAS OUTRAS. EU SOU FÂ DESSE HOMEM QUE EMOCIONA MUITOS E MUITOS POR ESTE MUNDO AFORA. FALAR DE VOCE ROBERTO É FALAR DE SAUDADES, É RECORDAR COISAS BÔAS DO NOSSO PASSADO. AMIGO QUE DEUS LHE DÊ MUITOS E MUITOS ANOS DE VIDA PARA QUE VOCE VENHA NOS ALEGRAR POR MUITO TEMPO AINDA. QUE DEUS LHE ILUMENE MAIS AINDA SEUS CAMINHOS. FIQUEI FELIZ PELO SHOW QUE VAI SER REALIZADO NA SUA CIDADE NATAL CACHOEIRO DO ITAPEMIRIM. FICA COM DEUS MEU AMIGO. SEU FÂ DE ITABUNA BA. ERIVALDO. MAIS CONHECIDO COMO: VAL DO NAUTICO DO LOMANTO.

  47. Nasci em mil novecentos e cinquenta,
    Em plena era da velocidade, do romantismo, da canção,
    Que me fez mais tarde um grande poeta,
    Na era Jovem guarda se fez a minha primeira inspiração.

    Como não sei cantar encanto,
    Com esse meu talento poético pude viver,
    A minha história de vida,
    Vivendo nesse meu jeito poético de ser.

    E a Jovem guarda foi para mim,
    O começo de um fim,
    Que não devia nunca se acabar,
    Feliz se vivia o amor a me inspirar.

    As vezes me pergunto,
    Porque parou? porque se acabou?
    A Jovem Guarda ficou de lado,
    E no tempo esquecido ficou.

    Nesse meio tempo eu me vi,
    Mais sozinho entre a multidão,
    Como poeta de talento,
    Nesta minha oculta inspiração.

    As vezes eu penso comigo,
    Numa possibilidade da Jovem Guarda voltar,
    Tal como começou mais esperiente,
    Para a nossa gente muito mais feliz ficar.

  48. roberto carlos eu mirna ladd nardini te amo sempre te amarei muito muito muito liga para mim mó 34127235 cel 917889030 eu sei que vc nao tem tempo para min mais eu nao vou perde a esperanca sou mineirisima e moro em BH roberto que Deus te lumine muito mais porfavor karo mio bjs e um feliz aniver.

  49. Suo sua fã.
    Sou uma etena apaixona, as suas musicas alegram meu coração.
    Toda vez que você vem a Teresina-PI não perco seu show.
    muitos Bjosssssssssssssssssssss

  50. Roberto Eu Sou Seu Fã,Sou Locutr E Queria fAZER Uma aPRESENTAÇÃO Do Seu Início De Show,Na Abertura,Creio Em Deus Que Posso Chegar Lá,Pois, Tudo Posso Naquele Que Me Fortalesse(Jesus Cristo). O Meu Sonho É Cantar Com Você e ver você convertido ao Senhor Jesus. Aceite Ao Senhor Ainda Hoje…

  51. Roberto Eu Sou Seu Fã,Sou Locutr E Queria fAZER Uma aPRESENTAÇÃO Do Seu Início De Show,Na Abertura,Creio Em Deus Que Posso Chegar Lá,Pois, Tudo Posso Naquele Que Me Fortalesse(Jesus Cristo). O Meu Sonho É Cantar Com Você e ver você convertido ao Senhor Jesus. Aceite Ao Senhor Ainda Hoje…

  52. Te Amo Roberto Do Fundo Do Meu Coração… Vamos Louvar Ao Senhor Jesus,Eu, Você & Jota Neto? Meus Amigos Dizem Que A Ninha Voz Parece Com As Vozes De Vocês… Sou Fã Dos Dois… Rosenberg Batista…

  53. Roberto, está na hora de vc lançar um cd só com musicas inéditas, afinal nasci e cresci tendo um cd inédito seu todo ano, já estou com 51 anos, e espero que continue a lançar todo ano um cd. Este ano sairá?

  54. oi Roberto sabia que eu passei a gostar de bleizer depois q eu te vi usando, sou fasinada por um terno só por causa de vc, ó é pena q no ceará seja tão quente, mais sempre q dar eu estou usando, adoro. Sou apixonada por suas musicas em espercial as dos anos 60.bejus.

  55. Veja se te lembra alguma coisa! Saiba que eu também vivi na solidão.E sem ter ninguém prá mim, até pensei não ter alguém prá eu entregar meu coração. Meus E meus olhos vermelhos cansados de chorar, só queriam sorrir. É… morou? fale com a carminha sobre a carta que lhe mandei.Do amigo que o adimira: Lucivaldo Barbosa Moura

  56. Já ouvi voce falar que não gosta de injustiça, e que se preocupa muito com isto.Lhe adimiro mais ainda por isto.Sendo assim lhe peço que procure saber de uma carta que entreguei nas mãos da Secretaria Carminha e veja que grande injustiça.Sei que pela pessoa que você é, não irá gostar.Obrigado, espero respostas.

  57. Gostaria de saber titulo da musica do Antonio Marcos, mas que me parece foi composta pela sua mãe, que começa assim,

    Um certo dia um homem esteve aqui, tinha um olhar mais belo que já existiu, tinha no cantar uma oração, no falar a mais linda canção de paz…..gostaria de obter o título e a letra completa desta maravilhosa música, obrigado.

  58. Beto Carlos é demais, tem algo de inexplicável no seu olhar, não sei se é tristeza ou se é amor demais que o faz ser uma criatura especial nesta Terra.
    O seu olhar transmite tanta ternura, tanta sinceridade, que energiza e nos faz acreditar na vida.

  59. Oi,Roberto Carlos sou seu fã desde 1968,quando eu comecei a entender de música,de lá pra cá foram tantas emoções.Roberto queria sugerir para que você convidasse alguns de nossos amigos da jovem guarda para particicipar do seu grandioso show,por exemplo Jerry Adriani,Márcio Greygy,Wanderley Cardoso,wanderleia,josé Augusto,Kátia e etc.

  60. Oi,Roberto Carlos sou seu fã desde 1968,quando eu comecei a entender de música,de lá pra cá foram tantas emoções.Roberto queria sugerir para que você convidasse alguns de nossos amigos da jovem guarda para particicipar do seu grandioso show,por exemplo Jerry Adriani,Márcio Greygy,Wanderley Cardoso,wanderleia,josé Augusto,Kátia e etc.

  61. oi Roberto Carlos sou seu fã, mais gostaria de tirar augumas duvidas que linguas infelizes dicerão, que vc não gosta de fazer caridade,de ajudar entidades,exemplo hospitais de cancer e outros.verdade ou mentira

  62. oi Roberto Carlos sou seu fã, mais gostaria de tirar augumas duvidas que linguas infelizes dicerão, que vc não gosta de fazer caridade,de ajudar entidades,exemplo hospitais de cancer e outros.verdade ou mentira .
    Denes Marcos
    Araguaina-Tocantins

  63. Roberto a cinco anos eu envio mensagens para você falando do amor de Cristo e em meio desses anos todos eu vejo Deus agindo na sua vida tirando você das opressões… afinal quem pode mais do que Deus? Ainda que você não tenha nesses cinco anos dado a mínima resposta para mim Deus usa os seus profetas para falarem por você Deus escolhe, capacita, e direciona o seu profeta para transmitir suas mensagens crea e espere em Cristo.

  64. Hoje é dia 19 de abri, Roberto Carlos faz aniversário, Lady Laura é sepultada no Rio de Janeiro, que Deus abençoe a todos. Acompanho a carreira artítica de Roberto desde 1964, nas suas mais de 700 canções não há uma sequer que se possa dizer essa não valeu à pena, pois todas são maravilhosas, a que mais marcou minha vida foi Detalhes. Roberto, agradeço a Deus por sua existência, meus pêsames e tenha muitos anos de vida, para a alegria de todos.

  65. Hoje é dia 19 de abri, Roberto Carlos faz aniversário, Lady Laura é sepultada no Rio de Janeiro, que Deus abençoe a todos. Acompanho a carreira artítica de Roberto desde 1964, nas suas mais de 700 canções não há uma sequer que se possa dizer essa não valeu à pena, pois todas são maravilhosas, a que mais marcou minha vida foi Detalhes. Roberto, agradeço a Deus por sua existência, meus pêsames e tenha muitos anos de vida, para a alegria de todos.

  66. Roberto adimiro seu trabalho des de criança tenho lembranças de uma musica mas não sei o nome ela marcou muito minha infancia,lá,lá, lá, um dia eu tive um sonho………., beijos muitas felicidades.

  67. Roberto adimiro seu trabalho des de criança tenho lembranças de uma musica mas não sei o nome ela marcou muito minha infancia,lá,lá, lá, um dia eu tive um sonho………., beijos muitas felicidades.

  68. Lamento muito para Roberto Carlos o falecimento da mãe,lamento tambem pelo falecimento do sogro Luis Cesar,pai de Maria Rita e lamento até hoje tambem,o falecimento da esposa Maria Rita,apesar de estar morta há quase 11 anos porque Roberto estava vivendo um clima de amor tão lindo e tão bonito e lamento muito isso ter acabado assim de uma forma tão triste,quero mandar um abraço para Roberto e desejar muita saude para ele e desejar que ele esteja bem e que viva muito bem com sua familia.

  69. Lamento muito para Roberto Carlos o falecimento da mãe,lamento tambem pelo falecimento do sogro Luis Cesar,pai de Maria Rita e lamento até hoje tambem,o falecimento da esposa Maria Rita,apesar de estar morta há quase 11 anos porque Roberto estava vivendo um clima de amor tão lindo e tão bonito e lamento muito isso ter acabado assim de uma forma tão triste,quero mandar um abraço para Roberto e desejar muita saude para ele e desejar que ele esteja bem e que viva muito bem com sua familia.

  70. Lamento muito para Roberto Carlos o falecimento da mãe,lamento tambem pelo falecimento do sogro Luis Cesar,pai de Maria Rita e lamento até hoje tambem,o falecimento da esposa Maria Rita,apesar de estar morta há quase 11 anos porque Roberto estava vivendo um clima de amor tão lindo e tão bonito e lamento muito isso ter acabado assim de uma forma tão triste,quero mandar um abraço para Roberto e desejar muita saude para ele e desejar que ele esteja bem e que viva muito bem com sua familia.

  71. Lamento muito para Roberto Carlos o falecimento da mãe,lamento tambem pelo falecimento do sogro Luis Cesar,pai de Maria Rita e lamento até hoje tambem,o falecimento da esposa Maria Rita,apesar de estar morta há quase 11 anos porque Roberto estava vivendo um clima de amor tão lindo e tão bonito e lamento muito isso ter acabado assim de uma forma tão triste,quero mandar um abraço para Roberto e desejar muita saude para ele e desejar que ele esteja bem e que viva muito bem com sua familia.

  72. Roberto, após muita resistência na minha fase adulta, hoje reconheço que és o maior ícone de nossa MPB.
    A música simples que toca a todos. Pode ser de amor, de otimismo, soul music, o que for. Os maiores compositores do país para mim foram/são Tom, Vinícius e Chico. Você, além de cantar muito bem, está em outro patamar, acima de todos por tudo que representas para milhares de seres humanos. Resumindo:
    Roberto é outro papo, outra conversa…

  73. Roberto, após muita resistência na minha fase adulta, hoje reconheço que és o maior ícone de nossa MPB.
    A música simples que toca a todos. Pode ser de amor, de otimismo, soul music, o que for. Os maiores compositores do país para mim foram/são Tom, Vinícius e Chico. Você, além de cantar muito bem, está em outro patamar, acima de todos por tudo que representas para milhares de seres humanos. Resumindo:
    Roberto é outro papo, outra conversa…

  74. Roberto, após muita resistência na minha fase adulta, hoje reconheço que és o maior ícone de nossa MPB.
    A música simples que toca a todos. Pode ser de amor, de otimismo, soul music, o que for. Os maiores compositores do país para mim foram/são Tom, Vinícius e Chico. Você, além de cantar muito bem, está em outro patamar, acima de todos por tudo que representas para milhares de seres humanos. Resumindo:
    Roberto é outro papo, outra conversa…

  75. Sr. Roberto Carlos Braga. Gostaria de contatá-lo. Não quero nada seu, nem mesmo reconhecimento. Sou o autor da letra e música "O Portão" cantado por V.Sa.Sai do anonimato depois de quatro décadas. Não busco notoriedade nenhuma. Apenas tenho outra canção para que o senhor a grave, sem nenhum ônus.Como antes, simples colaboração de fã. Respeitosamente.

  76. Roberto gostaria que você rever-se minha carta que entreguei para você há algum tempo.A Carminha ficou de entrar em contato comigo, pois disse-me que você já sabia de tudo que eu mencionei na mesma.Ainda estou aguardando resposta.(011) 2432-4536 e 97438-5688

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *